Acadêmica da ALL defende pós-doutorado na Espanha

A promotora de justiça e escritora Ana Luiza Almeida Ferro defendeu a tese com o título “O mito da máfia Espanha e Brasil”

A Promotora de Justiça e escritora Ana Luiza Almeida Ferro, membro fundador da Academia Ludovicense de Letras (ALL), tornou-se pós-doutora pela Universidad de Salamanca, Espanha, a quarta mais antiga do mundo, após apresentar, com sucesso, perante uma banca examinadora de três membros, formada por dois professores espanhóis e uma professora brasileira, o trabalho de pesquisa intitulado “O mito da Máfia: Espanha e Brasil”, no Colégio Arcebispo Fonseca, naquela universidade, no dia 10 de julho, como requisito final para a conclusão do Programa Postdoctoral “Derechos Humanos en perspectiva comparada: Brasil y España”. O trabalho mereceu considerações elogiosas da banca. Já no dia 13 de julho, a jurista proferiu palestra, com o mesmo tema de seu trabalho de pós-doutoramento, “El mito de la Mafia: España y Brasil”, no XXI Congreso Internacional de Histor ia de los Derechos Humanos de la Universidad de Salamanca: La segunda generación de los derechos humanos, em Salamanca.

A jurista ainda proferiu mais duas conferências na Universidade Portucalense, na bela cidade do Porto, Portugal, a primeira sobre o tema “Crime de colarinho branco: perspectiva criminológica”, no IV Congresso Internacional Dimensões dos Direitos Humanos, promovido pelo Departamento de Direito da UPT e pelo Instituto Jurídico Portucalense (IJP), no âmbito do Grupo de Investigação Dimensions of Human Rights, e a última sobre o tema “Organizações criminosas brasileiras”, no Seminário Direitos Humanos, Segurança e as suas múltiplas dimensões, do mesmo congresso, na qual mencionou, inclusive, algumas facções maranhenses.

Também Ana Luiza foi entrevistada sobre sua trajetória acadêmica e literária no programa Entrevista com Moreira Serra, do Canal 6, TV Cidade, Rede Record, no dia 29 de julho. E teve mais um poema de sua autoria traduzido para um idioma estrangeiro. Trata-se de “Desperdício”, traduzido para o italiano, sob o título “Sperpero”, na Revista Il Convivio, da Accademia Internazionale Il Convivio, da Itália, edição 72, p. 43. A Il Convivio é uma revista trimestral de poesia, arte e cultura, voltada, sobretudo, para a poesia e o conto de língua italiana, francesa, espanhola, portuguesa e romena e a pintura europeia. O mesmo poema da escritora foi igualmente publicado na mais recente edição da Revista Convivência, a de nº 7, p. 14-15, que é a Revista oficial do PEN Clube do Brasil, destinada à publicação de ideias e pesquisas literárias e culturais.

Na Revista Il Convivio, a poesia de Ana Luiza foi traduzida pelo Sr. Angelo Manitta, presidente da referida Academia italiana, autor, dentre outras obras, de A ragazza di Mizpa (“A moça de Masfa”), de 2018, contendo poemas em italiano, mas com tradução para o português, em edição bilíngue da Il Convivio Editore.

Compartilhe esta informação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *